Academia do Ecommerce - Vender na Internet Ficou Fácil!

Ads

Devo Começar no E-commerce, pelo Mercado Livre?

Devo Começar no E-commerce, pelo Mercado Livre?

Investindo cada vez mais no mercado nacional, o Mercado Livre é o maior Marketplace do Brasil, e busca trazer condições favoráveis para seus usuários a todo momento, mas será que o mesmo se empenha tão quanto para beneficiar seus vendedores?

Por Rafael Belmiro dia em Mercado Livre

Devo Começar pelo Mercado Livre?

O MARKETPLACE

 O Mercado Livre, tem forte presença no mercado Brasileiro, sendo a maior plataforma de e-commerce do país e da América Latina, contando com cerca de mais de 50 milhões de ofertas de produtos, automóveis e serviços. Conseguindo integrar em um único sistema, espaços para: empresas, microempreendedores, vendedores amadores e consumidores, é, relativamente fácil e rápido criar uma conta na plataforma, e tanto interessados em vender ou comprar produtos podem conhecer todos os departamentos do canal, mas será que você empreendedor pode também aproveitar toda essa grandiosidade e crescer com o Marketplace?

Devo Começar pelo Mercado Livre?

ANUNCIAR 

Os interessados em vender no Mercado livre, não precisam possuir CNPJ, diferente de alguns Marketplaces, o empreendedor que deter o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), já poderá criar sua conta na plataforma, mas também há opção de se cadastrar diretamente como empresa, visto que, há alguns limites de vendas para os tipos de cadastro.

Após preencher seus dados, e verificar todas as políticas e regras impostas pelo Marketplace, e aceitar e compactuar com as mesmas, será necessário escolher em qual categoria você irá atuar, confira abaixo os quadrantes que o Mercado livre disponibiliza:

·         Veículos

·         Imóveis

·         Serviços

·         Produtos e Outros

Ao escolher o departamento de sua preferência, logo em seguida na mesma página, será solicitado que você de título ao seu primeiro anúncio, logo abaixo, por isso é importante que você já tenha em mente, o que será descrito e qual produto anunciar. O Mercado livre, irá te guiar sobre cada passo, desde da criação da descrição, até quais informações são necessárias para criar um anúncio completo, preço e quantidade, formas de entrega e etc...

 Devo Começar pelo Mercado Livre?

VISIBILIDADE

Criado, o anúncio do seu produto precisa chegar até os usuários da plataforma, para que consequentemente você consiga ter vendas na sua conta, por isso que após determinar cada característica, que será apresentada para o consumidor, o próximo procedimento, é, escolher entre os planos de divulgação que o Marketplace oferece.

Confira abaixo os planos e o cada um tem a oferecer, e quais benefícios os mesmos englobam!

Devo Começar no E-commerce, pelo Mercado Livre?

 Os planos acima, não se aplicam, quando o vendedor escolhe as seguintes categorias: Automóveis, imóveis e serviços. É cobrada comissão diante as seguintes condições:

Somente será cobrada do vendedor.
Será calculada por unidade do produto vendido.
Será cobrada sobre o valor anunciado e não sobre o valor de venda efetivada.
Para os anúncios Clássico e Premium, cuja duração é ilimitada, a tarifa de venda que se aplica é a vigente no momento em que a oferta é recebida.
Também será cobrada quando o vendedor não cancelar a venda no prazo estipulado.
 

O vendedor terá que escolher entre as opções acima, e após decidir o método que será cobrada a comissão, deve partir para finalizar os dados bancários e como receberá seu faturamento e etc.

A questão é que, devemos debater se, todas as taxas cobradas pelo Mercado Livre, planos e serviços são realmente vantajosas para o vendedor que está começando no e-commerce?

Devo Começar pelo Mercado Livre?

POTÊNCIA DA EMPRESA/MARCA

O Marketplace, tem um forte potencial, tanto em presença de mercado, quanto em imagem e valor de marca, e por isso está constantemente alcança inúmeros feitos, um exemplo da tamanha magnitude deste canal de venda, é o recém recorde alcançado pelo mesmo durante o ano de 2018, onde o aplicativo mobile da empresa, despontou entre os 10 mais baixado por usuários brasileiros, saindo na frente de apps como: Spotify (App de streaming de música) e 99 (App de transporte). Criado em 2011, o aplicativo da empresa já obteve cerca de 100 milhões de downloads em toda a América Latina, de acordo com o levantamento realizado pela empresa de audição Annie.

No ano de 2019, a empresa inovou e impulsionou no mercado, uma das suas marcas, o Mercado Pago, ao direcionar grande parte do seu investimento e divulgação para a FinTech, o grupo conseguiu gerar um crescimento expressivo, as movimentações pela plataforma, tiveram um aumento de mais de 118,5%, em comparação ao mesmo período do ano anterior. A atuação do sistema de pagamento do Mercado livre, vai além da utilização no Marketplace, superando até mesmo a movimentação dentro do canal de venda, visto que só neste ano o sistema deteve quase US$ 4 bilhões em transações e 158,3 milhões de pagamentos.

Podemos também levar em consideração o volume de vendas que o Marketplace possui, que só neste ano, está alcançando US$ 3,6 bilhões, representando uma grande parcela do comércio eletrônico, nacional e latino.

Devo Começar pelo Mercado Livre?

PREVISÕES E FUTUROS INVESTIMENTOS

O objetivo da plataforma é expandir cada vez mais seus serviços, e aprimorar seus departamentos logísticos e financeiros, e por conta dessa meta é previsto que a empresa invista em 2020, R$ 3 bilhões, só nessas áreas, confirmou o diretor de operações Stelleo Tolda, lembrando que o mesmo vem cada vez mais visando trazer novos públicos para a sua plataforma com a implementação de novos departamentos, como: moda sem gênero e produtos sustentáveis, o objetivo é fazer com que o consumidor brasileiro, realize compras com maior frequência, visto que atualmente a média deste consumidor é de um item por mês, o Marketplace almeja que seja feita, futuramente, pelo menos uma compra por semana. Em processos logísticos, como citado anteriormente, a empresa busca cada vez mais oferecer agilidade, comodidade e o melhor custo/benefícios, para seus usuários, e por isso está constantemente fechando contratos exclusivos, com grandes transportadoras, como o recém realizado com a Azul, visto que a finalidade de tal aliança é utilizar os processos de carga da companhia área, para realizar o transporte de pedidos, e assim diminuir consequentemente a atual dependência que o mercado mantém com os correios.

 Devo Começar pelo Mercado Livre?

O VENDEDOR  

 O empreendedor digital, que não detém uma experiência prévia no e-commerce, e busca se inserir neste setor, deve ter em mente que apesar do mesmo ter espaço para os novos, estar em constante crescente e por ser escalável, ainda assim o novo vendedor, terá que lidar com uma concorrência extremamente preparada e que já conhece os canais de vendas e o modo que, o usuário virtual consome na internet.

É relativamente barato vender online, porém tudo depende do investimento que você detém, sua força de vontade e planejamento, e por isso que nós da Academia do Ecommerce, trouxemos essa perspectiva em torno do potencial do maior Marketplace do Brasil, o Mercado Livre, e se ele é o campo viável para se iniciar neste ramo.

 

Passamos por uma breve analise, em torno da complexidade ao utilizar e iniciar na plataforma, seus benefícios, planos, taxas e comissões, e percebemos que o Marketplace oferece uma boa variedade de planos, e se mantém tanto aberto para pessoas físicas, quanto para empresas, trazendo maior oportunidade para quem não detém um alto capital, ou não há uma boa consolidação financeira, fora do meio virtual, sendo assim um ótimo canal para quem está iniciando.

O Mercado livre, como comentado anteriormente detém um grande volume de compras, e o fluxo interno que a plataforma obtém é extremamente alto, uma vantagem para você empreendedor que não possui de início, um bom tráfego direcionado para o seu negócio online, por isso se bem trabalho o investimento em publicidade do seu produto, o Marketplace irá garantir uma alta visibilidade, e assim se o seu anúncio estiver de qualidade, uma possível compra, algo mais garantido do que por exemplo manter uma loja virtual.

Portanto é indiscutível que o Mercado livre, é um gigante do e-commerce, dentro e fora do mercado nacional, e traz inúmeras oportunidades para quem está começando, mas é claro que há algumas falhas e problemas na plataforma e com algumas políticas internas da empresa, como por exemplo, a baixa segurança das contas, bloqueio devido a reclamações duvidosas de concorrentes, e suspensão de anúncios entre alguns pequenos problemas que podem trazer uma grande dor de cabeça, para o vendedor, porém o Marketplace é uma base ideal e promissora para impulsionar sua carreira no comércio eletrônico!

Confira a série de vídeos onde o CEO da Academia, Gilmar Theobald, apresenta algumas táticas para crescer no Mercado livre, com o seu empreendimento!

 

Bling! Melhor Emissor de Notas Fiscais Eletrônica

Clique no banner acima para saiber mais!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Devo Começar no E-commerce, pelo Mercado Livre?

Enviando Comentário Fechar :/
MERCADO ENVIOS, COMO FUNCIONA?

MERCADO ENVIOS, COMO FUNCIONA?

Entenda, como que funciona o sistema de envios do Mercado Livre, e veja quais vantagens que este serviço pode trazer para o seu empreendimento.