Academia do Ecommerce - Vender na Internet Ficou Fácil!

Ads

WHATSAPP PAY, SERÁ VANTAGEM OU DOR DE CABEÇA?

WHATSAPP PAY, SERÁ VANTAGEM OU DOR DE CABEÇA?

A nova forma de pagamento proveniente de uma das maiores empresas do mundo, está causando alvoroço no meio financeiro, e muito se diz do quanto esta é de fato vantajosa!

Por Rafael Belmiro dia em Loja Virtual

WHATSAPP PAY, SERÁ VANTAGEM OU DOR DE CABEÇA?

CHEGADA E LANÇAMENTO

O serviço foi testado durante meses na Índia, para que fosse possível verificar se de fato a nova função estaria em condições perfeitas para ser lançada de forma global, e isto alimentou o setor e consumidores, que criaram expectativas em torno da nova ferramenta, que até então oferecia maiores vantagens ao meio financeiro, logo o Whatsapp Pay chegou ao mercado nacional, e o que era para ser um lançamento grandioso, acabou tornando-se uma verdadeira dor cabeça.

Antes de completar uma semana em funcionamento no Brasil, o serviço foi barrado pelo BC (Banco Central), e o CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), que tomaram tal medida com a justificativa de que seria necessário analisar com maior precisão o quanto que mais um serviço de pagamento pode impactar o sistema financeiro e econômico do país, principalmente sendo decorrente de uma BIG TECH (gigantes como Facebook, Google, Apple, Microsoft e Amazon).

O Brasil foi escolhido como o país para receber a estreia global, por conta da grande quantidade de usuários cadastrados na rede social, e pelo sucesso de outras Fintechs de pagamento que conseguiram nos últimos 5 anos ganhar a confiança dos clientes, e assim cresceram dentro do mercado, oferecendo diferentes vantagens dos bancos e financeiras tradicionais.

O Whatsapp, liberou a função no dia 15 de junho, para que usuários e empresas pudessem realizar por meio da rede social, transferências monetárias, pagamentos de serviços ou produtos, visando facilitar a vida daqueles que utilizam a plataforma com frequência para realizar negociações e etc. de início a ferramenta permite que as ações sejam feitas apenas por usuários que detenham cartões de crédito/débito, provenientes dos seguintes bancos: Nubank, Sicredi e Banco do Brasil, o que há em comum entre estes é que todo o processamento e transações é feito pela CIELO.

Dentro de tal proposta e alcance que este novo serviço detém, o BC e o CADE, visam verificar diferentes fatores, para analisar o quanto esta nova função irá impactar na economia do país, há uma série de preocupações, e isso acarretou na suspensão por tempo indeterminado.

É indiscutível a magnitude da ferramenta, e o quão a mesma pode influenciar e mudar a vida de milhares de pessoas, podendo trazer grandes problemas e buracos financeiros para o país, em vista de que são mais de 120 milhões de usuários, que irão ter acesso a esta função, e estes que utilizarem terão seus dados financeiros compartilhados, atividades envolvendo dinheiro, compartilhamento de informações pessoais e etc, tudo dentro de uma rede social, logo há a necessidade de destinar uma maior atenção a esta novidade.

Existe diferenças nas ações em que cada órgão irá tomar para aprovar a nova função, enquanto o Banco Central analisa a logística e como de fato irá funcionar o serviço, o CADE verifica se há chances de uma possível concentração de mercado, pelo alto número de usuários, e por conta da CIELO já deter uma parcela grande do setor financeiro, tais fatos podem e devem influenciar na decisão de manter ou não a função. O próprio Banco Central emitiu um comunicado explicando o motivo de tal decisão, que é: “preservar um adequado ambiente competitivo, que assegure o funcionamento de um sistema de pagamentos interoperável, rápido, seguro, transparente, aberto e barato”. Em nota, a instituição afirmou que “a medida permitirá ao BC avaliar eventuais riscos para o funcionamento adequado do Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB) e verificar a observância dos princípios e das regras previstas na Lei nº 12.865, de 2013. O eventual início ou continuidade das operações sem a prévia análise do Regulador poderia gerar danos irreparáveis ao SPB notadamente no que se refere à competição, eficiência e privacidade de dados”.

 WHATSAPP PAY, SERÁ VANTAGEM OU DOR DE CABEÇA?

SEGURANÇA E PROTEÇÃO DE DADOS

O Facebook já detém um certo histórico negativo, a respeito do vazamento de informações sobre seus usuários, e com a chegada deste serviço além de dados a respeito do perfil, agora irá também armazenar dados financeiros, e o fato é que infelizmente grande parte das pessoas aceitam os termos de serviço, sem ao menos realizar uma leitura prévia do que está preste a sujeitar-se, logo a grande preocupação é de como estas informações serão utilizadas e preservadas.

A taxa de usuários entrantes no e-commerce para adquirir produtos e serviços redobrou em 2020, por conta da pandemia que influenciou o setor a ter um aumento expressivo de novos consumidores, visto que estes se sentiram mais confortáveis em utilizar ferramentas digitais, e realizar transações e compras, mas em contrapartida o número de crimes cibernéticos neste período cresceu tão quanto as vendas, e por isso verificar que esta ferramenta esteja de acordo com todas as metodologias para proteger o usuário, é extremamente necessário, visto que outros bancos digitais, meios de pagamentos, disponibilizam seus serviços por celular e site porém com extrema segurança, com verificações, etapas de acesso e etc.

Existe essa preocupação, com este tipo de segurança em vista de que é milhões de reais que tais serviços movimentam, além do que é um direito de todo cidadão ter seus dados assegurados e protegidos pelo estado.

 WHATSAPP PAY, SERÁ VANTAGEM OU DOR DE CABEÇA?

VANTAGENS DA NOVIDADE

Muito se fala da diversidade de serviços e empresas, que essa gama de opções traz mais escolhas para o consumidor poder decidir a que melhor sua necessidade, de forma que o mercado se torna mais competitivo e assim o custo repassado para este público é menor, logo o Whatsapp Pay de certa forma irá dar um impulso no setor de pagamento via plataformas digitais/redes sociais, possibilitando diferenças formas de interação e relacionamento, além de criar novos hábitos de consumo, mais ágeis e fáceis, mas é extremamente importante manter todas as etapas, seguras e protegidas, e isto é responsabilidade da ferramenta e do estado.

O fato é que, seguro ou não, o Whatsapp Pay já está causando alvoroço no meio digital, e com o tempo iremos saber o quanto de impacto essa novidade irá ter no mercado, gerando bastante discussão, por conta da falta de democratização dos meios de pagamento. A grande preocupação dos analistas e de que torne um oligopólio ou duopólio de Facebook e Cielo.

Bling! Melhor Emissor de Notas Fiscais Eletrônica

Clique no banner acima para saiber mais!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para WHATSAPP PAY, SERÁ VANTAGEM OU DOR DE CABEÇA?

Enviando Comentário Fechar :/